Depois do colapso de um edifício de seis andares, no final de abril, que matou 51 pessoas, foi feito um levantamento aos prédios que representam um risco. Muitos ficam em Mathare, um bairro pobre de Nairobi, no Quénia. Aqui, só reina a pobreza.