O ex-polícia acusado da morte de George Floyd, Derek Chauvin, teve esta segunda-feira a sua primeira audiência, por videoconferência. À porta do tribunal, no estado do Minnesota, juntaram-se vários manifestantes.