O carregamento da neve que ia inicialmente da Serra da Estrela, para Lisboa, com vista a fazer sorvetes para a Corte, era feito em carroças até ao Tejo e depois seguia em barcas até ao Terreiro do Paço. Este trabalho iniciava-se no primeiro de maio e prolongava-se até ao último dia de setembro.