Pelo menos 28 pessoas morreram e 250 ficaram feridas na sequência de uma série de motins em várias zonas de Haryana, Punjab e Delhi, depois de um tribunal ter condenado Gurmeet Ram Rahim Singh, líder espiritual do movimento Dera Sacha Sauda, a sete anos de prisão pela violação de duas das suas seguidoras