Paulo e José foram vítimas de acidentes na A1 e na A43, devido ao atravessamento de um animal e à existencia de um objeto na faixa de rodagem. Vários meses depois, os dois condutores continuam a lutar para serem indemnizados pelos danos que sofreram.