Ricardo Lourenço estacionou numa paragem de autocarro que estava sinalizada como parque de estacionamento, em Moscavide. O carro acabou rebocado, e hoje tem uma dívida que continua a aumentar todos os dias.