"Uma palavra de respeito e de gratidão por esta visita" foi o que o primeiro-ministro quis dizer ao Papa Francisco. Destacou também a importância que o Papa confere ao continente africano.