Cerca de 200 bombeiros municipais e sapadores de vários pontos do país concentraram-se perto do edifício da Presidência do Conselho de Ministros, contra os projetos de lei do Governo para a carreira do bombeiro profissional