O Instituto de Conservação da Natureza e Florestas deu esta terça-feira luz verde à autarquia da Figueira da Foz para abater um freixo com cerca de 300 anos, classificado de interesse público, por este representar perigo para a segurança.