Com 23 anos, Maré morreu num processo natural e esperado tendo em conta a avançada idade. Nasceu no dia 2 de maio de 1998, exatamente vinte anos antes da abertura da Expo98, o que coincidiu com a fase final dos preparativos para a abertura do Pavilhão dos Oceanos (o atual Oceanário), e cedo se tornou especial. Foi a primeira lontra-marinha a nascer em instituições europeias.