Os proprietários de bares e discotecas depositaram simbolicamente as chaves dos seus estabelecimentos junto à Assembleia da República, em Lisboa, como forma de protesto, durante a manifestação "O silêncio da noite ... à procura de respeito e respostas", organizada pelo coletivo "O silêncio da noite", que junta proprietários de bares, discotecas e artistas. Em causa está a demora do Governo em legislar sobre a reabertura destes espaços de animação noturna, encerrados desde o início de março no âmbito da pandemia da Covid-19