O presidente do Sindicato Unificado da PSP, Peixoto Rodrigues, iniciou esta terça-feira uma greve de fome “por tempo indeterminado”. O objetivo é exigir garantias do Governo em resposta a várias reivindicações dos profissionais da polícia. O protesto começou esta manhã, frente ao Palácio de Belém, a residência oficial do Presidente da República.