Há pelo menos 4.300 casos identificados. A maioria são crianças com menos de quatro anos