A crise económica transforma-se numa crise social e política a Venezuela. Nicolas Maduro enfrenta a contestação nas ruas, quando falta comida nas casas dos venezuelanos.