A Comissão Europeia aprovou esta quarta-feira a concessão de quase 10 milhões de euros a 1.500 trabalhadores despedidos pela Volvo na Suécia, ajudas provenientes do Fundo Europeu para a Adaptação à Globalização.

As ajudas destinam-se à reciclagem profissional dos desempregados e são das primeiras concedidas desde que a normativa entrou em vigor, sublinhou a porta-voz comunitária do Emprego e Assuntos Sociais, Katharina Von Schurnbein.

O pacote das ajudas ascende a 15 milhões, dos quais 9,8 milhões serão financiados pelo Executivo Comunitário e o restante pela Suécia.

São já oito as ajudas concedidas a desempregados do sector automóvel.
Redação / DC