A participação na segunda volta das eleições presidenciais em França atingia 65,3% às 17:00 locais (16:00 em Lisboa), menos quatro pontos percentuais do que à mesma hora da primeira volta, em abril.

De acordo com dados do Ministério francês do Interior , a participação também foi inferior à da segunda volta das presidenciais de 2012, quando à mesma hora tinham votado 70,59% dos eleitores. Em 2007, a meio da tarde já tinham votado 73,87% dos franceses.

Ao meio-dia deste domingo já se tinha começado a perceber que havia menos franceses a ir às mesas de voto do que nas eleições de 2007 e 2012 à mesma hora. De acordo com os dados avançados pelo Ministério francês do Interior. às 12:00 locais (11:00 em Portugal continental) tinham votado 28,23% dos eleitores, o que representa uma queda em comparação com as duas últimas eleições. Em 2007, na vitória do candidato da direita, Nicolas Sarkozy, tinham votado 34,11%. Em 2012, quando venceu o candidato socialista, François Hollande, tinham votado 30,66%.

Os primeiros resultados parciais e as projeções de voto começam a ser divulgados às 20:00 locais (19:00 em Portugal continental).

A campanha de Emmanuel Macron anunciou que, se o centrista vencer a eleição, a festa e o discurso de vitória vão ser na Esplanada do Louvre, em Paris.

Marine Le Pen, se vencer, pretende festejar no Chalet du Lac, um antigo pavilhão de caça usado pelo imperador Napoleão III no leste de Paris.

O presidente francês eleito tomará posse até 14 de maio, data em que termina o mandato de François Hollande.

/ AR - notícia atualizada às 18:00