Os portugueses, com 15 por cento dos turistas, foram quem mais procurou o evento, apenas superados pelos norte-americanos (32%) e à frente dos franceses (14%) e italianos (13%). O estudo concluiu ainda que a maioria dos turistas (55%) eram homens, com o nível médio de instrução (55%) e com idades compreendidas entre os 28 e os 39 anos (35%).

Para tal foram realizadas mil entrevistas, entre os dias 18 e 21 de Fevereiro deste ano.
Redação