Morreu, esta terça-feira, o lendário cantor sul-africano Johnny Clegg, aos 66 anos de idade. 

Segundo o Independent, o artista morreu na casa da família, em Johanesburgo, na África do Sul, e estaria a lutar contra um cancro no pâncreas desde 2015. 

Roddy Quin, o agente de Clegg, disse que este morreu "com a sua família em casa" e disse que se trata de uma situação difícil e pediu "aos media e ao público que respeitem a privacidade (da família) neste momento".  

Para toda a gente, é devastador", acrescentou. 

Jonathan Clegg, nasceu a 7 de junho de 1953, foi cantor, compositor, bailarino, antropólogo e ativista. Chegou a ser nomeado para um Grammy e venceu um Billboard Music Award.

Deixa agora a mulher, Jenny, de 31 anos, e os dois filhos, Jesse and Jaron.