FIGURA: Luis Díaz

Meia dúzia de minutos bastou para Luis Díaz mostrar a diferença de pedalada entre o FC Porto e o Coimbrões. O extremo colombiano recebeu a bola na área, com um toque subtil da cabeça de Soares, driblou inclusivamente o seu colega de equipa e rematou para abrir o marcador. Passados outros seis minutos, já o FC Porto vencia por 3-0. O internacional «cafetero» foi o abre-latas da defensiva gaiense. Logo depois de inaugurar o marcador, serviu Soares para o segundo. E quando o FC Porto parecia praticamente adormecido no jogo, já na segunda parte, Díaz ligou o turbo e bisou. Excelente exibição deste talento tão puro como o café da Colômbia.

--

MOMENTO: Minuto 81. Uma recarga para a história

Num relvado que bem conhece, ou a casa emprestada do Coimbrões não fosse a mesma que o FC Porto B, Fábio Silva acabou por ser feliz. Aos 81m, Diogo Leite rematou, Fábio Mesquita incompleta e Fábio Silva rematou para fechar a contagem: 5-0. Uma recarga para a história! Aos 17 anos, Fábio Silva tornou-se no mais jovem jogador a marcar um golo pela equipa principal do FC Porto.

--

OUTROS DESTAQUES:

Soares

Juntamente com Díaz, completou o duo dinâmico do ataque portista. Se o colombiano marcou dois e assistiu para um. Tiquinho fez o inverso: duas assistências e um golo. Saiu na segunda parte para dar lugar a Aboubakar, que ainda está longe dos melhores níveis físicos.

Romário Baró e Sérgio Oliveira

O jogo permitiu dar minutos a dois clientes recentes do departamento médico. Baró voltou após três semanas, Sérgio Oliveira já não jogava há dois meses. Ambos se apresentaram em bom nível, prova disso mesmo será não se ter notado qualquer quebra de ritmo na zona intermediária.

--

Diogo Portela

Salvou um golo em cima da linha, ainda na primeira parte, e teve outro nos pés já nos descontos. O jovem lateral-esquerdo de 21 anos que fez a formação no Boavista e no FC Porto foi cumprindo defensivamente e esteve a centímetros de fazer o golo da equipa gaiense.

Pedro Tavares

O médio-ofensivo de 33 anos foi outro dos que mais deu nas vistas na equipa do Coimbrões, em particular pela qualidade técnica que deixava revelar a espaços. Pedro Tavares que fez parte da formação no FC Porto mostrou que também sabe jogar. Apesar de haver um mundo de diferenças entre profissionais de alta competição e amadores ele, que à margem do futebol é proprietário de um café na Afurada.

Sérgio Pires / Estádio Jorge Sampaio, em Vila Nova de Gaia