A tempestade Glória tem afetado, nos últimos dias, particularmente a região da Catalunha com chuva, vento forte e neve, mas o que os habitantes de Tossa de Mar, em Girona, não esperavam era que as ruas ficassem cobertas de espuma.

O vento forte e a ondulação, provocadas pela "Glória", fizeram com que a água do mar entrasse no centro urbano, deixando a vila inundada.

Este fenómeno, ainda que aparatoso, tem origem natural: a presença desta espuma na água do mar é provocada pela "presença de substâncias tensoativas", que formam uma espécie de emulsão, com origem "na degradação da matéria orgânica encontrada naturalmente no ambiente marinho", explicou a Agência de Água da Catalunha, num relatório sobre o fenómeno. 

Ainda assim, a contaminação por produtos nocivos não pode ser descartada: a espuma de origem natural não é tóxica ou irritante para os seres humanos, mas, em muitos casos, a ocorrência deste fenómeno em situações climáticas severas pode estar associada à chegada de contaminantes de rios e águas pluviais ao mar. 

Segundo a agência Efe, a tempestade Glória já fez nove mortos em Espanha e provocou cortes no tráfego rodoviário e ferroviário e deixou mais de 200 mil alunos sem aulas. Existem ainda quatro pessoas desaparecidas.

A tempestade colocou quase 40 das 50 províncias que há em Espanha em estado de alerta, em particular nas Ilhas Baleares (Mediterrâneo) e no leste do país.