Após o jogo com o Boavista, Silas procurou esclarecer de forma cabal as declarações na véspera sobre Bruno Fernandes. Numa tentativa de responder à interpretação de um jornal, que referiu que este se tinha «atirado» ao agora jogador do Manchester United, o técnico dos leões garantiu que não se tratou disso.

«Tiram do contexto declarações minhas, como se eu tivesse posto em causa o profissionalismo de um jogador que eu admiro imenso. Tenho muita gratidão por ele, por tudo o que nos deu. Eu não me atirei ao Bruno. (...) Falei de uma situação que acontece no futebol: com o Bruno, com o Silas, o Joaquim, o António... Acontece com todos os jogadores, só não acontece com quem não joga.»

Recorde-se que Silas assumiu na antevisão ao jogo com o Boavista que Bruno Fernandes, nos últimos jogos do Sporting, não estava 100 por cento com a cabeça no clube, situação que disse perceber. E este domingo acrescentou: «Não disse que o Bruno não queria, nada disso. O Bruno sempre quis e é um dos melhores profissionais com quem já trabalhei. Estou a dizê-lo aqui e já o disse a ele.»

David Marques / Estádio José Alvalade, Lisboa