Um surfista morreu após ser atacado por um tubarão-branco de 4,5 metros na Praia de Tuncurry, no estado australiano da Nova Gales do Sul.

O homem, na casa dos 50 anos, sofreu lesões graves na parte superior da coxa, refere o The Guardian.

Várias pessoas entraram na água para o resgatar, arriscando também elas a sua vida.

Joshua Smyth, dos serviços de emergência da Nova Gales do Sul, destacou os esforços: “Fizeram um excelente trabalho ao retirar o paciente do mar e a iniciar a ressuscitação cardiopulmonar antes de chegarem as equipas de emergência”.

Os paramédicos foram chamados à praia por volta das 11:20 de quinta-feira, hora local, mas, apesar das tentativas de reanimação, o homem acabou por falecer.

A Surf Lifesaving NSW, entidade responsável pela segurança dos surfistas no estado australiano, fechou algumas praias da região após este ataque que, segundo o nadador-salvador local Brian Wilcox, é algo sem precendentes. “Não me recordo de nenhum ataque de tubarão nesta zona”, disse à ABC TV.