O jovem cadastrado que atropelou um agente da PSP a 12 de outubro, em Lisboa, deixando a vítima gravemente ferida, foi na altura libertado pelo Ministério Público, mas, sabe a TVI, acabou agora novamente detido e foi colocado em prisão preventiva por ordem do juiz Carlos Alexandre.

Tinha cerca de 150 mil euros em sua posse e, desta vez, responde por tráfico de droga, com ligações àquele que a PSP considera ter sido o maior grupo de tráfico a atuar na Grande Lisboa nos últimos anos. A rede foi desmantelada no mês passado, com a apreensão de uma tonelada de haxixe, e várias detenções.

Agora, no âmbito desse processo entra também na prisão o homem que, a 12 de outubro, perto da avenida de Ceuta, acelerou de moto em direção a um polícia que o mandara parar – deixando o agente em estado grave, com múltiplas fraturas. Foi detido logo na altura, inclusive na posse de uma pistola de calibre 9 mm, mas acabou libertado pelo Ministério Público. Agora, por tráfico, está preso por decisão de Carlos Alexandre.

Henrique Machado