A partir do momento em que a covid-19 entrou de forma marcada na sociedade portuguesa, António Costa colocou desde cedo a esperança na chegada de uma vacina, ou de várias.

Foi isso mesmo que aconteceu a 27 de dezembro, dia em que Portugal iniciou a campanha de vacinação contra o vírus que surgiu ainda em 2019 na China. Mais de um mês depois, o nosso país está já a administrar duas vacinas diferentes, Pfizer e Moderna, e prepara-se para iniciar a distribuição do produto da farmacêutica AstraZeneca.

Apesar de estarmos altamente dependentes daquilo que são as ordens da União Europeia, até porque Portugal tem um tratado comunitário para a receção de vacinas, somos, segundo o site OurWorldinData, o 15.º país que mais vacina em todo o mundo por cada 100 habitantes.

Com efeito, a taxa de vacinação por cada 100 habitantes é de 3,2%. O mesmo é dizer que, em cada 100 habitantes, 3,2 receberam a vacina.

À frente de todos os outros países, com uma larga distância, está Israel. Com menos de nove milhões de habitantes, o país já atingiu uma taxa de vacinação de cerca de 55%, conseguindo vacinar mais de metade da população.

Veja também: Os segredos de Israel para o sucesso na vacinação

Seguem-se os Emirados Árabes Unidos, país onde ficam as famosas cidades de Abu Dhabi e Dubai, e que já vacinou 31,5% da população.

Em terceiro lugar estão as Seicheles, um arquipélago remoto de 115 ilhas que tem menos de 100 mil habitantes, dos quais mais de 31% foram vacinados.

O primeiro país europeu é o Reino Unido, que surge no quarto lugar, até porque iniciou a vacinação no início de dezembro, quase um mês antes de toda a União Europeia.

Dos 27 Estados-membros, a ilha de Malta é o que surge em primeiro lugar - já vacinou 5,8% da população.

Refira-se que é aqui grandes discrepâncias nos totais de população. A população das Seicheles não tem qualquer comparação com países como os Estados Unidos.

Em todo o caso, o cenário de Israel é de destacar, uma vez que vai claramente acima de todos os outros países.

Para efeitos de curiosidade, note-se que as maiores economias da União Europeia (Alemanha, Espanha Itália ou França) vêm logo a seguir a Portugal, ainda que França só tenha uma taxa de vacinação de 2,1%.

Em termos absolutos, e segundo a mesma fonte, o país que já administrou mais vacinas foi os Estados Unidos, com quase 30 milhões de doses administradas.

Segue-se a China, com mais de 22 milhões de vacinas dadas, com o pódio a fechar com o Reino Unido, em quase nove milhões de vacinas.

Israel é o quarto país com mais inoculações efetuadas, um total de 4,7 milhões.

António Guimarães