As imagens terão sido gravadas numa praia da Indonésia na passada sexta-feira, 5 de julho, e são chocantes: um grupo de pessoas, idosos e adultos com crianças, senta-se na carapaça de uma tartaruga que tenta mover-se na areia, possivelmente com o objetivo de desovar na praia.

Enquanto uns cavalgam em cima do animal, outros chegam a puxar-lhe as barbatanas e a atirar-lhe areia quando a tartaruga está já a tentar regressar ao mar, por se sentir ameaçada.

Segundo a imprensa local, o vídeo terá sido filmado na praia de Asukweri, na ilha indonésia de de Waigeo, província da Papua Ocidental, e o animal visado é uma tartaruga de couro, que apesar de não estar em vias de extinção é considerado pela WWF um animal "vulnerável", uma vez que os exemplares da espécie diminuíram de forma rápida nos últimos anos. 

Outra particularidade desta espécie de tartaruga marinha relaciona-se com o facto de a carapaça ser, como o nome indica, semelhante ao couro, no aspeto mas também na consistência, pelo que a carapaça da tartaruga é mais mole, fazendo-a sentir com maior violência as investidas do grupo que a dominou.

A tartaruga de couro pode chegar a pesar cerca de meia tonelada e, ainda que não tenha predador natural, tem sido prejudicada pelo plástico nos oceanos e pelas redes de pesca que acaba por engolir, morrendo de forma prematura.