A atriz Ruth Madeley partilhou esta quinta-feira um episódio "traumático": um taxista tirou-lhe a cadeira de rodas e levou-a, após uma discussão numa rua de Londres.

Ruth Madely é uma atriz britânica com uma nomeação aos prémios Bafta pelo seu papel em Don't Take My Baby, da BBC. É ainda conhecida por entrar na série Years and Years, de 2019.

Segundo o relato da atriz, publicado no Instagram, o motorista ter-lhe-á dito que era "muito difícil" deixá-la numa entrada acessível e que "não era problema dele" se esta não pudesse subir as escadas.

Ele tinha-me visto de pé, sabia que eu conseguia andar", relatou.

Depois de uma disputa sobre o pagamento da viagem, Ruth Madeley revela que o homem pegou na sua cadeira de rodas, colocou-a na mala do carro e recusou devolvê-la. 

A mãe da atriz conseguiu agarrar a cadeira de rodas, embora o motorista "tenha feito o possível para impedi-la", disse Madeley.

Os táxis e veículos de transporte privados com acesso para cadeiras de rodas têm a obrigação legal de transportar os utilizadores de cadeiras de rodas, de acordo com a Lei da Igualdade de 2010. Isto inclui a obrigação de fornecer assistência à mobilidade sem qualquer custo adicional.

Ora, Madeley relatou ainda que, quando tentou relatar o incidente à Polícia Metropolitana, foi informada que não era um crime de ódio e que nenhum ato criminoso tinha ocorrido.

 "Fui calada e fizeram-me sentir como se estivesse a fazer barulho por nada", disse a atriz.

"Depois de mais brigas e pedidos de apoio, a polícia disse-me que nada podia ser feito. Nenhum aviso ao taxista ou à empresa, nenhuma prestação de contas, nenhuma consequência ..."

A empresa responsável pelo taxi, Transport for London, já emitiu um pedido de desculpas pelo incidente, que considerou "completamente terrível".

Entrámos em contacto com a Ruth para obter mais detalhes para que possamos realizar uma investigação completa e urgente", afirmou o porta-voz, Graham Robinson.

Rafaela Laja