William Carvalho parece estar cada vez mais longe de rumar ao estádio da Luz. O internacional português tem propostas aliciantes vindas de Inglaterra e a perspetiva de jogar na liga inglesa agrada ao jogador. No entanto, o Benfica não desiste da ideia de reforçar o meio campo e já definiu as suas prioridades para a abertura do mercado de inverno.

Cândido Costa afirmou que os encarnados procuram um “número oito” de topo, que consiga fazer aquilo que os médios do plantel encarnado não estão a conseguir fazer. E no topo da lista de prioridades das águias está Gerson, do Flamengo.

Gerson tem qualidades que, neste momento, não me parece que haja no plantel do Benfica”, considerou.

Ao que os comentadores do Mais Bastidores conseguiram apurar, a atual situação do clube brasileiro, muito diferente daquela em que se encontravam durante o mercado de verão, poderá ser a chave que desbloqueia a transferência de Gerson.

Recorde-se que durante essa janela de mercado, os encarnados tentaram contratar o médio brasileiro, mas o Flamengo quis manter aquele que é uma das suas peças mais importantes.

Saída de Felipe Anderson cada vez mais previsível

Chegou envolto de muita expetativa e entusiasmo ao FC Porto, emprestado pelo West Ham até ao final da temporada. Mas, chegado o mercado de inverno, Felipe Anderson ainda não conseguiu convencer Sérgio Conceição.

Questionado sobre o que falta ao jogador, Cândido Costa afirmou que o brasileiro parece “desligado” da matriz de jogo do técnico azul e branco.

Parece-me descontextualizado daquela linha competitiva e da postura do FC Porto. É impossível que lhe corra tudo mal por azar. Ele não se pode queixar de falta de oportunidades”, frisou.

Também de saída poderá estar Otávio, que está a dois dias de ficar livre. O médio portista está a ser associado à Roma de Paulo Fonseca e, caso o FC Porto não consiga renovar, corre o risco de voltar a perder um atleta fundamental a custo zero.

Se o FC Porto perder Otávio a custo zero é por sua própria incapacidade”, apontou Cândido Costa.

No Sporting, Matheus Reis aguarda a oficialização do Rio Ave para poder representar os leões. O jogador já é um desejo antigo de Rúben Amorim e, desta vez, parece não escapar.

A ida de Matheus Reis para o Sporting está mais ou menos oficializada. É uma questão de horas, dias, no máximo, para que se oficialize o negócio”, explicou Nuno Dias.