O F.C. Porto adquiriu mais 15% do passe de Deco à Gestifute, segundo informação veiculada pelo site oficial do clube das Antas. Com esta operação a SAD das Antas passa a deter 85% da totalidade do passe do jogador, depois de no passado dia 29 de Julho ter adquirido outros 20%.

Depois de ter pago 2,25 milhões de euros pelos tais 20%, para além de ceder 5% dos passes de Paulo Ferreira e Ricardo Carvalho, agora o empresário Jorge Mendes cedeu 15% a troco de 1,25 milhões de euros e passa a deter 10% de Benni McCarthy. Ou seja, em apenas uma semana, o F.C. Porto desembolsa 3,5 milhões de euros (cerca de 700 mil contos) para poder segurar a sua maior figura.

A partir desta altura todas as propostas que os clubes interessados façam chegar às Antas passam a ser mais interessantes, pois até há uma semana o F.C. Porto receberia apenas metade da verba. Um negócio que passa a ser bem mais rentável, embora com esta movimentação os portistas tenham na sua mão a decisão numa eventual venda do passe do atleta.

Leia a comunicação da SAD do F.C. Porto à C.M.V.M.:

 

FACTO RELEVANTE

Nos termos e para efeitos do cumprimento da obrigação de informação que decorre do disposto no artigo 248º do Código dos Valores Mobiliários e do artigo 1º A do Regulamento n.º 24/2000 da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, a F.C. Porto - Futebol, SAD com valores admitidos à cotação, vem informar que:

1. A F.C. Porto - Futebol, SAD adquiriu à Gestifute, S.A., a percentagem de 15% (quinze por cento) do «PASSE» do jogador Anderson Luís de Souza, mais conhecido pelo apelido de «DECO»;

2. Como contrapartida da aquisição supra mencionada, a F.C. Porto - Futebol, SAD, comprometeu-se a pagar a quantia de Euros 1.250.000,00 (um milhão, duzentos e cinquenta mil euros) e a ceder a percentagem de 10% (dez por cento) do «PASSE» do jogador Benedict Saul McCarthy;

3. Após este acordo, a F.C. Porto - Futebol, SAD passou a deter a percentagem de 85% (oitenta e cinco por cento) do «PASSE» do jogador «DECO».