A actividade no sector dos serviços dos EUA melhorou em Fevereiro. O índice ISM não manufactureiro aumentou para 53 pontos, superando as expectativas dos analistas, que apontavam para os 51 pontos.

Também esta quarta-feira soube-se que os pedidos de crédito à habitação aumentaram 14,6% na última semana, após uma queda de 8,5% na semana precedente.

Já a estimativa ADP sobre o emprego mostra uma perda de 20.000 postos de trabalho nos EUA em Fevereiro, em linha com as previsões do mercado. No entanto, o dado de Janeiro foi revisto em baixa: em vez dos 22 mil postos de trabalho estimados, foram afinal destruídos 60.000.
Redação / PGM