As dúvidas em relação à Liga das Nações estão dissipadas para Ronald Koeman. O selecionador holandês fez a projeção do jogo frente à congénere inglesa, esta quinta-feira às 19h45 em Guimarães, assumindo que não esperava que a nova prova da UEFA atingisse este nível.

«Toda a gente perguntava como ia ser este torneio. A sensação geral é que estes não são jogos amigáveis. Temos um excelente grupo e chegámos à liderança do grupo em que estávamos integrados, constatando a seriedade deste torneio. Isto não era a brincar. Na nossa preparação, nos nossos treinos, lutámos para tentar chegar à liderança. Quando começámos não esperava chegar ao nível que temos hoje», referiu o técnico em conferência de imprensa.

Atribuindo igual dose hipóteses de triunfo a cada uma das equipas, Koeman espera um jogo com muitos duelos físicas. «Nas meias-finais de um torneio como este, eventualmente será um jogo muito físico. Temos jogadores à altura para o fazer. Em última instância, no futebol, ganha o tecnicamente mais evoluído e o mais forte», atirou.

Em relação à seleção inglesa, adversário nas meias-finais, o holandês destaca os «talentos» que compõe a equipa de Inglaterra. «Têm muitos talentos, uma vasta gama de jogadores para escolher, jogadores muito fortes, à altura das situações. Não são número quatro no ranking FIFA por acaso. Penso que estamos mais próximos deles», disse Ronald Koeman levando em linha de conta o último confronto entre as duas seleções.

Sobre a evolução da sua equipa, o técnico mostra-se satisfeito pelo progresso demonstrado. «Jogamos de forma diferente, vimos a evolução dos nossos jovens. Temos, por exemplo, vencedores da Champions e fizemos várias escolhas. Temos um núcleo duro que está a espelhar a forma como estamos a trabalhar. Houve uma grande evolução», frisou.

Treinador do Benfica na temporada 2005/2006, Ronald Koeman disse estar «contente» com este regresso a Portugal, onde esteve apenas uma época mas a qual considera «um grande ano». «Ainda tenho muitos amigos cá», concluiu.

Bruno José Ferreira / Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães