Dezenas de pais criticaram este domingo a organização da Alameda County Fairgrounds, uma feira de diversões em Pleasanton, Califórnia, nos Estados Unidos, por ter exposto várias crianças a imagens de cariz sexual.

A casa “Magical Midway”, uma das várias que oferecem atividades às crianças, transmitiu nos ecrãs um filme por engano. Em vez do “Crimson Pirate”, uma comédia-aventura sobre piratas, passou nas telas o "Pirates: Blood Brothers", um drama, com várias cenas de nudismo e de sexo.

Quando os pais se aperceberam que as imagens explicitas estavam a ser vistas pelas crianças, cresceram as críticas à organização do evento.

De acordo com a ABC News, os responsáveis pela feira imediatamente retiraram do ar o filme.

A organização emitiu, entretanto, um comunicado com um pedido de desculpa pelo sucedido.

Estas imagens não estão alinhadas com os valores da Feira Alameda County ou do Butler Amusements (empresa que fornece materiais, jogos, alimentos e bebidas para várias feiras nos EUA) e foi inaceitável o que aconteceu. A partir de agora, todos os vídeos e outros conteúdos no evento vão ser revistos para verificar se são apropriados à audiência antes de serem emitidos”, esclareceu a empresa.