Vinte e um corpos foram retirados de uma mina no norte do Irão depois do colapso dos túneis, provocado por uma explosão na manhã desta quarta-feira, informaram várias agências de notícias iranianas.

Vinte e um corpos foram retirados. Trata-se de corpos de mineiros que haviam descido à mina para socorrer os seus camaradas. O balanço não compreende os 32 mineiros que ficaram bloqueados na mina depois da explosão”, declarou Reza Bahrami, chefe do Gabinete da Indústria e das Minas da província de Golestan, no norte do país, onde ocorreu o acidente.

Trinta e dois mineiros e empregados da mina estão presos em todo o entulho (que bloqueia o túnel), a uma profundidade de 1.300 metros", disse Hassan Sadeglou, o governador da província de Golestan à TV estatal e citado pela agência de notícias oficial IRNA.

Reza Bahrami acrescentou que as equipas de socorro injetaram oxigénio nos túneis para tentar salvar os mineiros presos.