Fonte dos serviços de emergência disse à agência de notícias Interfax que «há várias ocorrências no hospital. Um balanço preliminar informa que morreram mais de 15 pessoas».

«De acordo com informação preliminar, 4 a 10 pessoas morreram. Neste momento. O número de feridos não está confirmado. Os terroristas usaram uma vez mais armas contra a população civil da região de Dontetsk», declarou um comunicado do procurador-geral ucraniano, emitido ao início da tarde, citado pela Reuters.