Portugal e Espanha reuniram-se esta segunda-feira, em Madrid, para acompanharem os compromissos assumidos pelos dois países na XXXI Cimeira Bilateral Luso-Espanhola, decorrida na Guarda em 2020, com o objetivo de avançar e alcançar resultados concretos em projetos de cooperação bilateral.

O encontro foi levado a cabo pela secretária de Estado dos Assuntos Europeus, Ana Paula Zacarias, e pelo secretário de Estado para a União Europeia de Espanha, Juan González-Barba, e permitiu “dar seguimento ao diálogo e à cooperação entre os Ministérios de ambos os países no período entre Cimeiras”.

A primeira reunião do mecanismo de acompanhamento ocorreu em 04 de dezembro de 2020, em Lisboa.

“[No encontro] foi igualmente enfatizada a necessidade de promover a Estratégia Comum de Desenvolvimento Transfronteiriço, destacando os avanços alcançados em aspetos tão relevantes para dois países que mantêm excelentes relações bilaterais e uma fronteira comum, como as relativas ao Estatuto de Trabalhador Transfronteiriço, o documento de harmonização da circulação de menores na fronteira e o 112 Transfronteiriço, entre outros”, lê-se em comunicado divulgado hoje pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros.

O comunicado do MNE adianta que foi salientado que “seguirão os trabalhos com vista à renovação do Tratado de Amizade e Cooperação de 1977, a fim de refletir, em toda a sua dimensão, a crescente densidade e profundidade das relações bilaterais”.

“A reunião permitiu a ambos os Secretários de Estado a oportunidade de refletirem também sobre a recente Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia, a próxima Presidência Espanhola em 2023 e debaterem em profundidade questões da agenda europeia, como a Conferência sobre o Futuro da Europa e a necessidade de gerar sinergias para aproveitar a oportunidade estratégica de implementar os respetivos planos de recuperação e resiliência de forma coordenada”, é acrescentado.

Ambas as delegações, de acordo com o MNE, “comprometeram-se a reforçar os contactos bilaterais a todos os níveis, a fim de apresentar resultados substanciais na próxima Cimeira bilateral Luso-Espanhola, que se irá realizar em Trujillo”.

O encontro foi realizado em formato híbrido, tal como já tinha sucedido no anterior encontro do mecanismo de acompanhamento, devido às restrições impostas pela pandemia da covid-19.

Agência Lusa / BMA