O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, foi hospitalizado esta noite, confirma Downing Street.

Boris Johnson está infetado com Covid-19 e estava há dez dias em isolamento na sua casa, por ter sintomas ligeiros.

No entanto, por conselho médico, deu entrada no hospital para realizar exames, uma vez que continua a ter os sintomas da doença.

A pedido do seu médico, o primeiro-ministro deu entrada, esta noite, no hospital para realizar exames. Trata-se de uma medida de precaução, uma vez que o primeiro-ministro continua a apresentar sintomas persistentes do coronavírus, dez dias depois de ter testado positivo", informa Downing Street.

Downing Street, que até agora sustentava que Boris Johnson, 55 anos, havia desenvolvido "sintomas leves", enfatiza que essa não é uma entrada de "emergência" e que o primeiro-ministro exibe, entre outros sintomas, "alta temperatura".

A declaração também enfatiza que Johnson permanece no comando do governo e em contacto com seus ministros e altos funcionários.

O primeiro-ministro agradece aos trabalhadores do NHS (sistema de saúde pública) pelo seu trabalho incrivelmente árduo e insta os cidadãos a continuarem a cumprir as recomendações do governo de ficar em casa, proteger o NHS e salvar vidas", consta, ainda, na declaração de Downing Sreet.

A mulher do primeiro-ministro, Carrie Symonds, grávida do primeiro filho, relatou que passou uma semana na cama com sintomas compatíveis com o novo coronavírus, embora não tenha sido submetida a um teste de diagnóstico.

No Reino Unido, foram registadas 4.903 mortes relacionadas com a Covid-19 e um total de 47.806 infeções.

/ CM