Álvaro Uribe, ex-presidente da Colômbia, testou positivo à Covid-19, um dia depois do Supremo Tribunal de Justiça do país lhe ter decretado prisão domiciliária. A informação está a ser avançada pela imprensa colombiana.

Segundo o jornal El Tiempo, de Bogotá, esta manhã foi vista uma ambulância com uma equipa de médicos a entrar na fazenda El Ubérrimo, onde se encontra.

Para além do líder do partido Centro Democrático, que se encontra assintomático, também os dois filhos estão infetados com o novo coronavírus.

O anúncio da detenção foi feito pelo próprio, na terça-feira, na rede social Twitter. Em causa, estão crimes de fraudes processuais e suborno de testemunhas. 

Uribe, de 68 anos, governou a Colômbia entre 2002 e 2010. 

Cláudia Évora