O Governo mexicano mobilizou, na quarta-feira, 4.053 soldados para estados do norte e nordeste do país, uma medida para prevenir as possíveis consequências do ciclone tropical Fernand.

O plano de prevenção foi aplicado nos estados mexicanos de Coahuila, Nuevo León e Tamaulipas, indicou o Ministério da Defesa Nacional mexicano, em comunicado.

Os militares vão efetuar operações de reconhecimento nas áreas vulneráveis e onde existe maior risco de inundações e deslizamentos de terra.

As chuvas causadas pelo ciclone Fernand começaram a afetar o estado de Nuevo León e a sua capital, Monterrey, sendo que as autoridades já suspenderam as aulas nas escolas de ensino primário.

As autoridades de proteção civil ordenaram a retirada dos habitantes de cerca de trinta casas após se terem verificado deslizamentos de terra em Apodaca.

As barragens do estado de Nuevo León aumentaram os seus níveis de armazenamento para 67%, em La Boca para 36%, em Cerro Prieto e 52% em Cuchillo, segundo fontes jornalísticas que citaram a Proteção Civil.