Um incêndio de uma casa na cidade siberiana de Yurgá, Rússia, causou a morte a oito pessoas, entre as quais seis crianças, informaram as autoridades russas.

Um porta-voz do Departamento de Emergência da região de Kemerovo, citado pela agência oficial russa RIA Novosti, indicou que três possíveis causas do incêndio estão a ser consideradas: um curto-circuito, um cigarro mal apagado ou uma avaria no sistema de aquecimento da casa.

O governador de Kemerovo, Serguei Tsiviliov, já apresentou condolências e declarou ter ordenado uma investigação.

Em março, um incêndio num centro comercial da cidade siberiana de Kemerovo provocou a morte a 64 pessoas.

Mais de dez mil pessoas morrem anualmente em incêndios na Rússia, de acordo com estatísticas oficiais.

De acordo com o Ministério Russo para Situações de Emergência, a negligência é a principal causa desses incidentes.