Uma mulher guineense, com nacionalidade francesa, deu à luz durante um voo, entre Conacri e Istambul. A informação foi avançada pela Turkish Airlines, num post no Facebook.

O jornal online turco Daily Sabah avança que a mulher, Diaby Nafi, sentiu as primeiras contrações assim que o avião levantou voo, na capital guineense. A tripulação ajudou no parto.

Um dos elementos da tripulação conta que contaram com a ajuda de alguns passageiros. O chefe de cabine chorou de emoção quando a bebé nasceu.

O avião acabou por aterrar de emergência, no Burkina Faso, já depois de Kadiju nascer, par aque mãe e filha pudessem receber assistência médica. Ambas estão bem de saúde.