A Unidade de Controlo Costeiro (UCC) da GNR em missão na Grécia resgatou, esta quarta-feira, 23 migrantes, seis dos quais crianças, que estavam numa pequena embarcação insuflável no mar Egeu.

Em comunicado, a Guarda Nacional Republicana adianta que, após terem sido resgatados, os 23 migrantes foram entregues às autoridades gregas em segurança.

Segundo a GNR, a pequena embarcação insuflável que rumava até à fronteira da Grécia foi detetada pela equipa de vigilância marítima da UCC, através dos equipamentos de visão térmica, que de imediato deu o alerta à embarcação da UCC, que se encontrava a patrulhar aquela área e que prontamente se deslocou para o local.

Os militares da UCC da GNR estão destacados na ilha de Samos-Grécia, no âmbito da missão da Agência Europeia de Fronteiras e Guarda Costeira (Frontex).

Nesta missão, a GNR desenvolve ações nas fronteiras terrestres e marítimas com a finalidade de prevenir, detetar e reprimir ilícitos relacionados com a imigração ilegal, tráfico de seres humanos e outros crimes transfronteiriços, contribuindo fundamentalmente para a salvaguarda de vidas humanas.