Um surfista de 17 anos morreu este sábado atacado por um tubarão, naquele que é o segundo ataque fatal numa semana e, pelo menos, o quinto na Austrália este ano.

De acordo com a polícia, o adolescente estava a surfar na praia de Wooli, perto de Grafton, a cerca de 600 quilómetros (370 milhas) a norte de Sidney, no estado de Nova Gales do Sul, pouco antes das 14:30, quando foi atacado.

O ataque do tubarão causou-lhe graves lesões nas pernas.

Vários surfistas acorreram em auxílio do jovem e ajudaram-no a chegar à praia para receber cuidados médicos, mas apesar dos esforços para o reanimar, o rapaz morreu no local.

Jim Simmons, presidente da câmara de Clarence Valley, afirmou que tinham chegado visitantes àquela região para as férias escolares e que provavelmente haveria muitas pessoas na água.

O que aconteceu esta tarde abalaria toda a gente", disse Jim Simmons, acrescentando: "É terrivelmente chocante. Todos os nossos sentimentos, das pessoas da região, vão para a família do rapaz".

No sábado passado, um mergulhador de 20 anos que fazia pesca submarina morreu após ser atacado por um tubarão ao largo da costa do Estado australiano de Queensland. O homem foi atacado perto de Indian Head, no lado oriental da Ilha Fraser.

O ataque aconteceu não muito longe de onde o guarda-florestal de 23 anos de Queensland Zachary Robba foi mortalmente atacado por um grande tubarão branco em abril.

Também um mergulhador de 57 anos foi morto ao largo da Austrália Ocidental em janeiro, e um surfista de 60 anos morreu ao largo de Kingscliff, no estado de Nova Gales do Sul, em junho.

/ Publicado por MM