Um petroleiro colidiu hoje com um barco de pesca perto da ilha de Lamma, em Hong Kong, causando o naufrágio desta última embarcação, informaram as autoridades que estão a realizar buscas pelos pescadores desaparecidos.

Os 13 tripulantes do petroleiro encontram-se a salvo, mas a operação de busca e salvamento tenta encontrar um número indeterminado de pessoas que estavam a bordo do barco de pesca, segundo a agência de notícias France-Presse e o jornal de Hong Kong South China Morning Post (SCMP).

As causas do acidente que, segundo o SCMP, aconteceu a 1,8 quilómetros da ilha de Lamma, a sudoeste da ilha de Hong Kong, são ainda desconhecidas.

Há dois meses, um homem morreu e dois foram dados como desaparecidos na sequência de um incêndio num petroleiro que se reabastecia em águas da antiga colónia britânica.

Para já parece afastado o receio de um desastre ambiental devido a este último acidente, já que as autoridades afirmaram que o petroleiro viajava sem carga no momento do acidente.

Em 2017, mil toneladas de óleo de palma espalharam-se pelo mar após uma colisão em águas chinesas e as praias daquele território semi-autónomo, situado no sul da China, foram contaminadas.