Oito pessoas morreram no passado domingo em consequência do desmoronamento de um edifício de três andares em construção em Lagos, a capital económica da Nigéria, anunciaram hoje os serviços de proteção civil nigerianos.

Oito corpos sem vida, seis homens adultos e duas mulheres, foram resgatados dos escombros”, anunciaram os serviços de proteção de Lagos, através da respetiva conta na rede social Twitter.

“Vinte pessoas foram encontradas vivas, dez estão gravemente feridas” e foram levadas para o hospital, acrescentaram.

O acidente ocorreu no domingo em Obalende, um bairro social em Lagos. As causas do desmoronamento do edifício não foram ainda estabelecidas, de acordo com os serviços de proteção civil.

A queda de edifícios é relativamente comum na Nigéria, o país mais populoso de África, onde milhões de pessoas vivem em edifícios degradados e as leis de construção são frequentemente desrespeitadas.

Em julho último, 12 pessoas morreram em Jos, no centro do país, quando um edifício residencial de três andares ruiu por efeito de chuvas torrenciais.

Em março, 20 pessoas morreram na queda em Lagos de um edifício que albergava um jardim-de-infância e uma escola primária.

/ HCL