Uma operação antiterrorista na Bélgica contra grupos jihadistas que se preparavam para cometer atentados, provocou, esta quinta-feira, a morte de dois suspeitos e um ferido em Verviers (leste), referiu em conferência de imprensa em Bruxelas o porta-voz do procurador federal.

A ação policial ocorreu no centro da cidade e não foram registadas vítimas entre as forças policiais ou civis. Na operação «morreram dois supostos jihadistas e um terceiro ficou ferido», anunciou Eric Van der Sypt.

De acordo com o porta-voz, a ampla operação desencadeada em Verviers e que se estendeu a Bruxelas e Vilvoorde, «evitou atentados terroristas de grande envergadura que iam ser cometidos de imediato».




12 operações contra o terrorismo, que resultaram na detenção de 15 pessoas.

Terrorismo: operações continuam em Bruxelas





Jornalista da TVI, Pedro Moreira, conta a partir do local o que aconteceu



Armas e fardas de polícia em antiga padaria



Bélgica: novo tiroteio na região de Liége

No entanto, apesar do quarteirão ter sido interditado, os habitantes não foram evacuados.



Vasta operação em Bruxelas








Jihadista anunciou chegada à Bélgica no Twitter









«Medo deve mudar de lado»