Os talibãs tomaram esta manhã a cidade afegã oriental de Jalalabad, deixando apenas Cabul, a capital, como a única grande cidade ainda controlada pelo Governo.

Acordámos esta manhã com as bandeiras brancas dos talibãs por toda a cidade. Eles estão na cidade. Eles entraram sem lutar", disse Ahmad Wali, residente em Jalalabad, à agência de notícias France-Presse (AFP).

O movimento extremista islâmico também reivindicou a conquista da cidade. "Há momentos, os mujahidines entraram em Jalalabad, a capital da província de Nangarhar. Todas as áreas estão agora sob o seu controlo", disse Zabihullah Mujahid, um dos seus porta-vozes.

Para além de Cabul, um punhado de cidades mais pequenas ainda estão sob controlo governamental, mas, dispersas e isoladas da capital, já não possuem muito valor estratégico.

Em apenas dez dias, os talibãs tomaram o controlo da maior parte do país e chegaram às portas de Cabul.

No sábado à noite, os talibãs tinham tomado Mazar-i-Sharif, a quarta maior cidade afegã e o principal centro urbano do norte do país.

Os talibãs lançaram a ofensiva em maio com o início da retirada final das tropas norte-americanas e estrangeiras, que deve estar concluída até 31 de agosto.

Agência Lusa / RL