Quando Cadesha Bishop, de 25 anos, entrou no autocarro a gritar palavrões, Serge Fournier, de 74 anos, disse-lhe para "ser mais simpática para os passageiros". Quando o idoso se preparava para sair do autocarro, a jovem empurrou-o violentamente, fazendo-o embater com a cabeça no chão. Serge morreu cerca de um mês depois e Cadesha está acusada de homicídio de pessoa idosa.

Tudo aconteceu ao final da tarde de 21 de março. 

No vídeo, divulgado pela polícia vê-se Serge Fournier a dirigir-se à jovem, mas não é possível ouvir-se o que o idoso diz. Segundo testemunhas do crime, Cadesha - que se encontrava estava a gritar profanidades e quando o homem passou por ela no corredor disse-lhe apenas para  "ser mais simpática para os passageiros" que estavam no mesmo autocarro.

Depois, as imagens mostram que, quando Serge se preparava para sair autocarro, Cadesha o empurra com as duas mãos e vira costas, sem prestar ajuda, perante o olhar incrédulo dos restantes passageiros.

Cadesha Bishop

De acordo com o jornal Review-Journal, citado pela AP, Serge Fournier recusou assistência médica no local, mas acabou por ir ao hospital durante a noite. Viria a falecer a 23 de abril por complicações nos ferimentos no torso. Após a autópsia, a sua morte foi considerada homicídio, tendo a polícia sido notificada pela polícia a 3 de maio.

Cadesha Bishop foi detida a 6 de maio e está acusada do crime de homicídio de pessoa idosa. Deverá ser presente a tribunal durante a próxima semana.