Uma ameaça de bomba obrigou, nesta manhã, à evacuação de um centro comercial em Oviedo, Espanha, confirmou a polícia.

Tratou-se, contudo, de um falso alarme, apuraram as autoridades, que montaram um forte dispositivo no local.

O gerente do espaço terá recebido um telefonema a alertar para a colocação de uma bomba no parque de estacionamento, concretamente num carro, segundo o diário espanhol El Comercio, que cita fonte policial. 

O alerta foi recebido cerca das 10 horas locais, menos uma hora em Lisboa, e a evacuação teve início às 10:30.

"Recebemos uma ameaça de bomba anónima por telefone e, de acordo com o protocolo, foi evacuada parte da zona", disse um porta-voz da Polícia Nacional.

Para o local foram deslocados meios de várias unidades da polícia espanhola, entre os quais uma equipa da brigada de minas e armadilhas (TEDAX, na sigla original), com apoio cinotécnico.

Foram cortados os acessos ao centro comercial, conhecido como Centro Cívico Comercial, e várias pessoas abandonaram os edifícios nas proximidades, como o Palácio da Justiça.

Catarina Machado