O Reino Unido registou 41 mortes de covid-19 e 54.674 novos casos nas últimas 24 horas, o valor mais alto de infeções desde 15 de janeiro, anunciou hoje o Ministério da Saúde britânico.

O índice de transmissibilidade (Rt) do vírus SARS-CoV-2 - que estima o número de casos secundários de covid-19 resultantes de uma pessoa infetada – caiu ligeiramente, estando agora entre 1,2 e 1,4, apesar do aumento significativo da taxa de incidência de novas infeções nas últimas semanas.

Estes dados são conhecidos no mesmo dia em que o ministro da Saúde britânico, Sajid Javid, anunciou, na sua conta na rede social Twitter, que testou positivo, apesar de ter a vacinação completa e que, por enquanto, apresenta sintomas leves

Apesar de o número de infeções diárias continuar a subir nos últimos dias no Reino Unido, para segunda-feira está previsto o levantamento de restrições impostas para controlar a pandemia, deixando de ser obrigatório o uso de máscara.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 4.070.508 mortos em todo o mundo, entre mais de 188,8 milhões de casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o balanço mais recente da agência France-Presse, divulgado na sexta-feira.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil e Peru.

/ RL