Um luso-venezuelano, filho de um comerciante português, foi sequestrado e assassinado por desconhecidos no Estado venezuelano de Vargas, a norte de Caracas, disseram hoje à agência Lusa fontes próximas da família.

Segundo as mesmas fontes, Moisé Fernandes Gomes, de 36 anos, foi sequestrado na noite de terça-feira, nas proximidades do supermercado propriedade do pai, situado na avenida Atlântida de Cátia La Mar, Estado de Vargas.

Na quarta-feira de manhã, os sequestradores entraram em contacto com a família, informando tratar-se de um sequestro e exigindo o pagamento de um resgate.

No entanto, na sexta-feira, quando os familiares esperavam o regresso do rapaz, fontes policiais informaram que este tinha sido assassinado, juntamente com outra pessoa, e que o corpo, que apresentava sinais de tortura, tinha sido encontrado na Autoestrada Regional do Centro, que liga a cidade de Caracas ao Estado venezuelano de Arágua (100 quilómetros a oeste da capital).

Moisés Fernandes Gomes, que trabalhava com o pai no supermercado, era casado e pai de três filhos.