O antigo conselheiro da Casa Branca Steve Bannon foi detido esta quinta-feira sob a acusação de, em colaboração com três outras pessoas, desviar dinheiro de doadores num esquema de arrecadação de fundos para a campanha “Nós construímos o muro”.

Segundo a acusação, citada pela agência noticiosa Associated Press (AP), o montante desviado da campanha está avaliado em “centenas de milhares de dólares”.

Os procuradores federais alegam que Bannon e três outras pessoas “orquestraram um esquema para defraudar centenas de milhares de doadores” em ligação com a campanha de ‘crowdfunding’ que juntou mais de 25 milhões de dólares (20,99 milhões de euros) para construir um muro ao longo da fronteira sul dos Estados Unidos com o México.

A AP adianta que, apesar de várias tentativas, o telefone do advogado de Bannon não foi atendido ao longo da manhã desta quinta-feira.

Uma porta-voz de Bannon também não respondeu a um pedido para comentar a detenção de Bannon.

/ HCL